INSTITUTO TADEU CVINTAL

 

A Fundação

O ano era 1967. Um médico paranaense chegava a São Paulo com um plano audacioso: abrir um instituto de oftalmologia para atender a todos com excelência, trazendo aparelhos modernos, técnicas inovadoras e oferecendo formação profissional aos jovens médicos do país. Segundo o tal médico, não bastava só enxergar, era preciso que os pacientes enxergassem cada vez melhor. Ousado? Pode até ser, mas foi exatamente assim que surgiu o Instituto de Oftalmologia Tadeu Cvintal.

E não demorou muito para o IOTC, como era carinhosamente chamado, se tornar o principal centro de excelência em tratamentos oftalmológicos do país, reconhecido inclusive por grandes nomes da oftalmologia mundial. Mas como chegamos até aqui? Você já vai entender o porquê.

tadeu-cvintal

Pioneirismo e tecnologia de ponta

Acontece que a fundação do instituto foi um marco não só na vida dos milhares de pacientes atendidos ao longo dos seus quase 55 anos de história, mas também na evolução da oftalmologia no país.

O Instituto de Oftalmologia Tadeu Cvintal nunca foi apenas uma clínica; incentivamos a pesquisa, a inovação e fomos pioneiros no uso de técnicas como Excimer Laser e ceratoplastia lamelar endotelial (DLEK) no Brasil, além de oferecermos equipamentos altamente modernos para o tratamento de doenças complexas como o glaucoma, em uma época em que tais recursos encontravam-se disponíveis apenas no exterior.

Educação como valor essencial

​Além disso, o Instituto teve papel relevante também na área da educação, oferecendo um dos primeiros cursos de residência médica em oftalmologia do Brasil.

Com duração de três anos, o Programa de Residência Médica do IOTC era reconhecido e credenciado pelo MEC por cumprir requisitos importantes como ter um corpo clínico composto por profissionais altamente especializados e instalações adequadas ao ensino: laboratórios, centro cirúrgico e biblioteca. O curso contribuiu para a formação de profissionais especializados que atualmente atendem em unidades hospitalares de destaque em todo o mundo. Ao todo foram formados cerca de 400 oftalmologistas.

Credibilidade e competência

O Instituto tem em seu idealizador um dos principais nomes da oftalmologia mundial. Tadeu Cvintal é um dos introdutores do transplante de córnea no Brasil e foi também fundador do Banco de Olhos do Estado de São Paulo. Conhecimento e experiência compartilhados com um corpo clínico altamente capacitado que há anos o acompanha atendendo com dedicação a cada um de nossos pacientes.

Somos uma família

O sucesso do IOTC não foi calcado apenas na figura do doutor Tadeu. Nossos especialistas estão conosco há anos e fazem parte desta história. Ao longo de tantas décadas juntos construímos bases profissionais sólidas que transpassam o espaço físico do consultório e se manifestam também na amizade e respeito que nutrimos uns pelos outros. Cada um de nós tem papel fundamental nessa engrenagem, por isso nos tornamos um time, uma família.

E aquele jovem médico que fundou tudo isso?

O Dr. Tadeu continua à frente do instituto, que agora virou Cvintal Oftalmologia, e segue atendendo os seus pacientes com a mesma paixão e brilhantismo de sempre.